26 de janeiro de 2014

Trabalho


Por Miguel Herrera Jr., São Paulo/SP

LEITURA BÍBLICA
"Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim? E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?
E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.
E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi. Então o Senhor Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isto, maldita serás mais que toda a fera, e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.
E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.
Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.
No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás. E chamou Adão o nome de sua mulher Eva; porquanto era a mãe de todos os viventes." (Gênesis 3:1-20)

"Quem vive com Deus trabalho com o objetivo de glorificá-lo"


“Príncipes, cavaleiros, dragões – estamos acostumados com histórias fabulosas; o perigo é ler a Bíblia achando que a tragédia narrada na leitura de hoje é só mais uma delas, mas o episódio é verdadeiro e extremamente grave. A mídia adoça o termo “pecado” (tudo o que desagrada a Deus) e o faz parecer algo gostoso, mas proibido por um deus desmancha- prazeres. Mas o pecado é hediondo! Ódio, egoísmo, abusos, traições, desamores, guerras, pilhagens, devastações, estupros – tudo isso é consequência direta da arrogância de quem acha que sabe o que fazer em vez de sujeitar-se ao que Deus quer.

Adão e Eva foram criados em posição de honra e colocados para viver em um lugar extremamente aprazível. O homem trabalhava no jardim e podemos concluir que a tarefa dada por Deus (Gn 2.15) era fonte de prazer e realização. Mas, devido ao pecado, muitas vezes o trabalho se torna uma fonte de estresse ou uma obrigação apenas. Espinhos e ervas daninhas não crescem só na lavoura, mas também podem surgir no escritório. Muitos relacionamentos profissionais são permeados de pecado: patrões maus exploram empregados, funcionários desonestos fazem “corpo mole”, há gente usando gente. Além disso, o trabalho pode ser prejudicado por dores físicas e emocionais ou pela ocorrência de inundações, estiagens e pragas. O mundo foi corrompido por causa da rebeldia do ser humano contra Deus. Todo nosso esforço é insuficiente para restaurar o relacionamento com o Criador. Devemos dar graças a Deus pelo seu amor revelado na cruz, onde o sangue de Jesus Cristo foi derramado para que nossos pecados pudessem ser perdoados. O impossível foi feito pelo próprio Deus, que agora oferece gratuitamente, pela fé em Jesus, o caminho de volta a quem quiser parar de tentar ser autoridade em sua própria vida e render-se a ele. Deus transforma nossa vida e pode agir em nosso ambiente de trabalho ou mudar nossa perspectiva sobre ele.”


Fonte: Presente Diário: o livro das leituras devocionais diárias, nº 17 / coordenador do comitê editorial Roland Körber. São Paulo : Rádio Trans Mundial, 2014. Vários autores http://rtm.radio.br/novo/presente-diario/26-1-2014;

0 comentários:

 
Powered by Blogger