15 de janeiro de 2014

Teimosia


Por Denilson Moreira Sanches, Fortaleza/CE

LEITURA BÍBLICA
"Exultai a Deus, nossa fortaleza; jubilai ao Deus de Jacó.
Tomai um salmo, e trazei junto o tamborim, a harpa suave e o saltério.
Tocai a trombeta na lua nova, no tempo apontado da nossa solenidade.
Porque isto era um estatuto para Israel, e uma lei do Deus de Jacó.
Ordenou-o em José por testemunho, quando saíra pela terra do Egito, onde ouvi uma língua que não entendia. Tirei de seus ombros a carga; as suas mãos foram livres dos cestos. Clamaste na angústia, e te livrei; respondi-te no lugar oculto dos trovões; provei-te nas águas de Meribá. (Selá.) Ouve-me, povo meu, e eu te atestarei: Ah, Israel, se me ouvires! Não haverá entre ti deus alheio nem te prostrarás ante um deus estranho.
Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e ta encherei. Mas o meu povo não quis ouvir a minha voz, e Israel não me quis.
Portanto eu os entreguei aos desejos dos seus corações, e andaram nos seus próprios conselhos. Oh! se o meu povo me tivesse ouvido! se Israel andasse nos meus caminhos!
Em breve abateria os seus inimigos, e viraria a minha mão contra os seus adversários.
Os que odeiam ao Senhor ter-se-lhe-iam sujeitado, e o seu tempo seria eterno.
E o sustentaria com o trigo mais fino, e o fartaria com o mel saído da rocha." (Salmo 81:1-16)

"O meu povo não quis ouvir-me; Israel não quis obedecer-me. Por isso os entreguei ao seu coração obstinado, para seguirem os seus próprios planos" (Sl 81:11-12)

“Quando eu era menino e vivia na roça, um querido amigo entregava leite utilizando um jumentinho que chamarei de “Teimoso”. Embora lento na maioria das vezes, Teimoso era um meio de transporte eficaz e eficiente, pois fazia o trajeto com perfeição, parando sem comando nas casas de todos os clientes.  

Durante anos realizou essa proeza. A distribuição de leite acontecia  costumeiramente nas mesmas residências, conforme a necessidade. Esporadicamente, contudo, por algum motivo um ou outro cliente mandava suspender a entrega do produto. Eis o problema do Teimoso! 
Era comum ele empacar e somente sair depois de um bom tempo parado. Na verdade, podia até ser surrado, mas, mesmo assim, desobedecia e ninguém conseguia arredá-lo dali até que todos os procedimentos fossem realizados. 
Acredite, Teimoso só prosseguia no trajeto após “entender” que o leite que transportava havia sido descarregado do seu lombo!

No texto bíblico de hoje encontramos um povo teimoso semelhante ao jumento que descrevi: não escutava a voz do dono. Diante disso, o Senhor declarou: “Ouça, meu povo, as minhas advertências; se tão somente você me escutasse, ó Israel!” (v 8). 

A exortação acerca da teimosia do povo é a mensagem central desse texto, sendo muito clara também para o nosso cenário. Quantas vezes queremos medir forças com Deus! Achamos que a nossa vontade precisa prevalecer em detrimento dos propósitos do Senhor. 

Assim, como consequência, sofremos hoje por conta das teimosias do passado. Somos “turrões”, mas é hora de mudar. Precisamos ouvir a voz de Deus e experimentar constantemente a vontade do Senhor que, segundo Romanos 12.2, é boa, perfeita e agradável. Por mais experiências que tenhamos, o melhor conselho vem do Senhor. Ouçamos a sua voz!"


Fonte: Presente Diário: o livro das leituras devocionais diárias, nº 17 / coordenador do comitê editorial Roland Körber. São Paulo : Rádio Trans Mundial, 2014. Vários autores http://rtm.radio.br/novo/presente-diario/15-1-2014;

0 comentários:

 
Powered by Blogger