22 de janeiro de 2009

Judas está vivo

Judas Iscariotes sempre foi um dos mais detestáveis personagens da narrativa bíblica. Sempre personificou a dissimulação, a ação movida pela inveja, pela ganância. Mas, não é do tesoureiro de Jesus que quero falar. Quero falar de um Judas que caminha, dorme, acorda, trabalha, estuda, faz muitas coisas com cada um de nós. Sempre 'malhamos' o traidor de Jesus, mas somos muitas vezes Judas de nós mesmos. Como assim?

Traímos aos nossos princípios muitas vezes por pura covardia. Em outros momentos, deixamos nosso Judas de estimação nos beijar e nos vender para os mais vis propósitos. Perdemos nossa dignidade como homens e, anulamos nossa postura de cristãos.

Dar ou não liberdade a esse Judas interior depende de cada um. Por mais que as circunstâncias pareçam ser as culpadas por certas ações que tomamos, é no interior de nossa alma que escolhemos se vamos nos trair ou se vamos manter nossa honra vivendo segundo os princípios de Cristo. Pense nisso e não deixe seu Judas sobreviver.

0 comentários:

 
Powered by Blogger